Domingo, 16 de Julho de 2017

Mais um grande incêndio, agora em Vila Chã, concelho de Alijó, distrito de Vila Real

 

 O fogo terá deflagrado à 1H55 da madrugada e pelas 4H30 já tinha duas frentes ativas, de acordo com o Comando Operacional de Operações de Socorro (CDOS) de Vila Real e informação online do DESTAK.

As chamas evoluem em zona de difíceis acessos e haverá vento no local.

A hora da deflagração do incêndio é uma vez mais muito suspeita. Terá havido outra trovoada que incendiou também esta floresta? A tese do "negócio do fogo" é cada vez mais credível.

Eu sugeria a utilização de drones para a ajuda na vigilância das zonas mais propícias e para confirmação de fogos o mais cedo possível.

 

 

 

free counter
publicado por Zé da Burra o Alentejano às 09:10
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 14 de Julho de 2017

DRONES E A LEGISLAÇÃO PARA O SEU USO

 

Drone para uso de pessoas.

 

Aplicação ajuda &#7 para ‘voar na boa’ é um projeto desenvolvido pela Autoridade Nacional de Aviação Civil (ANAC). É notícia de hoje no Destak.pt

É claro que eu acho oportuno e que faz muito bem, mas é bom que as autoridades comecem desde já a pensar também em criar regras e aplicações para os futuros drones que poderão transportar passageiros, por forma a permitir uma navegação segura, evitando sua a colisão com a aviação e outros obstáculos. Estes aparelhos deverão surgir muito em breve e Portugal não deverá ficar para trás, permitindo o seu uso no nosso território. Os drones serão com certeza os tuk-tuks do futuro.

 
free counter
publicado por Zé da Burra o Alentejano às 21:42
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 11 de Julho de 2017

Polícia de Alfragide acusada de racismo e de tortura pelo Ministério Público

acusação de racismo e de tortura dos policiais de Alfragide é notícia do dia. É claro que uns aplaudem (os queixosos) e outros (os visados) ficam apreensivos e cada um dá a sua versão dos acontecimentos, é natural!

Portugal está ainda muito pouco preparado para lidar com esta temática que poderia ser facilmente resolvida se os comandos escolhessem vários elementos que incluissem polícias de raça negra entre os que são destacados para este local, dado que a Cova da Moura é habitada em grande parte por gente de raça negra. Assim, depois, seriam ouvidas as versões dos polícias da mesma raça. É claro que estes polícias não seriam acusados de racismo porque eles próprios pertenceriam à mesma raça.

Esta fórmula não poderá infelizmente ser replicada para outras etnias e raças que não fazem parte da polícia portuguesa. Interessante seria saber também porquê: Será que não têm suficientes habilitações literárias? não se sentem atraídos pela profissão? enfim, seria um assunto que poderia ser estudado. Mas não concordo em criar exceções e facilidades para o ingresso na profissão, porque isso também seria uma forma de discriminação racial ou étnica, afinal o que se quer evitar.

 

free counter
publicado por Zé da Burra o Alentejano às 09:37
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Domingo, 18 de Junho de 2017

Incêndio em Figueiró dos Vinhos em 2017

Já se contaram 47 as vítimas mortais deste incêndio, mas o seu número deverá crescer, infelizmente. Será de acordo com as estatísticas o que mais vítimas mortais causou desde há 50 anos. Tantos mortos e os portugueses precisam saber o motivo, até porque são provocados em dias escolhidos e começam em locais de difícil acesso, por isso não são provocados por acidentes ou negligência. Poderemos considerar estes incêndios ao nível de TERRORISMO e como tal os seus autores deverão ser tratados como terroristas. Se leis não existem no nosso país então que sejam criadas rapidamente para punir exemplarmente estes incendiários.

Tem que haver uma ou várias organizações por trás destas ocorrências que devem ser travadas de imediato a todo o custo. Os portugueses necessitam de ser informados de que estão a ser alvo deste terrorismo que nos atinge todos os anos logo que o calor se torna propício.

free counter
publicado por Zé da Burra o Alentejano às 08:57
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sábado, 17 de Junho de 2017

Chegou o calor, chegaram os incêndios

O calor chegou e com ele a vaga de incêndios que deverão influenciar o aquecimento global muito mais do que os escapes dos automóveis, das chaminés das centrais térmicas e das fábricas, tudo junto. Porém, parece haver um pacto de silêncio pois nunca ouço ou leio qualquer coisa sobre este flagelo que atinge diversos países e Portugal em particular, mas deixo-vos uma pergunta:

a quantos escapes de automóveis corresponderá cada um dos incêndios que nos atinge todos os anos? 

Bombeiros e população sabem que os incêndios não são em geral o resultado de acidentes ou de negligência, mas de ações deliberadas, até porque se iniciam simultaneamente em diversos pontos, muitos deles de difícil acesso. Alguns dos seus autores chegam a ser detidos mas depois tudo termina com justificações muito pouco credíveis e com punições irrisórias ou que nem são divulgadas na comunicação social. 

A nossa atenção é desviada para a necessidade de se usar mais a bicicleta ou de andar a pé, mas quanto ao motivo e efeito dos incêndios nada se diz. E não acredito que sejam fruto do acaso.

No ano passado este país, que é até bastante pequeno, teve mais incêndios do que toda a Europa junta. Será isso normal? As imagens chegam a ser publicadas na internet e é fácil encontra-las. Eis uma delas vista do espaço, no caso, em 2016.

ng7449946.jpg

 (imagem retirada do google

https://www.google.pt/url?sa=i&rct=j&q=&esrc=s&source=images&cd=&cad=rja&uact=8&ved=0ahUKEwiXgq-I08XUAhUJQBQKHSlHAiYQjRwIBw&url=http%3A%2F%2Fwww.tsf.pt%2Fsociedade%2Finterior%2Fnasa-os-incendios-na-madeira-e-continente-vistos-a-partir-do-espaco-5333491.html&psig=AFQjCNF-ZmRnqR1bhR0sqKs5kIwHlldwvg&ust=1497815291847511

 

free counter
publicado por Zé da Burra o Alentejano às 20:39
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quinta-feira, 29 de Dezembro de 2016

Acabou o "Zé da Burra o Alentejano" no Facebook

Já não participo no FACEBOOK, que me exigiu o cumprimento de diversas formalidades para ali continuar a apresentar os meus comentários, em geral de cariz político.

Como não concordo com as exigências e parece haver dúvidas sobre a minha identidade, que estão na realidade sempre disponíveis para as autoridades através do meu IMEI e da minha real localização. Concluo assim que o FACEBOOK não aceita a colaboração através de um pseudónimo. 

Assim, quem desejar seguir os meus comentários e opiniões sobre os diversos assuntos que me pronuncio poderá sempre pesquisar no seu motor de busca por "Zé da Burra o Alentejano" e juntar lhe o tema de seu interesse.

free counter
publicado por Zé da Burra o Alentejano às 12:01
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 1 de Dezembro de 2016

A RTP já tem mais dois canais na TDT

Finalmente já temos na TDT Digital a RTP3 e a RTP Memória, canais para os quais todos os habitantes em Portugal pagam diretamente na fatura da eletricidade e através dos seus impostos que o Estado acaba por destinar ao serviço público de rádio e televisão. Mas falta ainda mais um pequeno passo para a não discriminação dos telespetadores nacionais, falta a criação de canais regionais em sinal aberto em regiões que ainda não os têm, pelo menos três: um para a zona Norte; outro para a zona Centro; e um outro para a zona Sul. Estes canais dariam uma especial relevância às notícias das suas regiões e o turismo seria até beneficiado, pois seria promovido a nível regional, à semelhança do que acontece com a RTP Açores e a RTP Madeira. Também a nossa vizinha Espanha tem há muito tempo os seus canais regionais.

free counter
publicado por Zé da Burra o Alentejano às 17:43
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 8 de Novembro de 2016

A ASCENSÃO DAS MÁQUINAS

É hoje notícia no sapo.

 

As pessoas que temem a "ascensão das máquinas" têm razão porque a pouco e pouco as máquinas vão ocupando lugares que são ocupados pelos humanos em todo o lado (nas fábricas, nos escritórios, nos serviços, enfim em todo o lado). Isso já está a acontecer e em breve o homem fica apenas com uma função de supervisão das máquinas. Depois serão as próprias máquinas que os substituirão aí também. Assim sendo, a ideia já lançada de criar impostos (ou taxas) sobre as máquinas não é tão insensata como poderá parecer a alguns. Essa é a única maneira de fazer os seus detentores pagar alguns impostos (ou taxas) que devem reverter para o bem-estar dos humanos que estão a ficar sem ocupação e sem rendimento. Essa "taxa" tecnológica terá que ser acordada pelos países que dominam os destinos do mundo para que uns países não fiquem em desvantagem relativamente aos que não as queiram aplicar. Os produtos produzidos em países que não queiram aderir devem ser punidos com taxas aduaneiras à entrada nos restantes países.

 

Num futuro não muito longínquo o mundo terá uma imensa capacidade produtiva ao mesmo tempo que terá uma menor quantidade de gente com poder económico para adquirir ou usufruir dos bens produzidos simplesmente porque não tem emprego e por isso não tem rendimento. No final esta sociedade acabará por sucumbir porque sem vendas as empresas terão que suspender as suas produções e acabarão por entrar em falência. Vai passar-se com o avanço da tecnologia algo semelhante ao que se está a passar com a "globalização selvagem", em que países com um bom nível de vida da sua população ficaram de um momento para outro em competição com países cujos trabalhadores têm salários de 1 euro por dia (sem direitos sociais). Estamos a caminho da miséria e do caos!

 

free counter
publicado por Zé da Burra o Alentejano às 18:32
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 23 de Agosto de 2016

Reunião na ilha de Ventotene, em Itália, de Matteo Renzi, Angela Merkel e François Hollande

Será o Brexit "o começo de uma nova Europa", mais solidária, mais humana e que procure resolver os problemas dos cidadãos europeus?

Gostava de acreditar, mas de conversa fiada está o mundo cheio. Só consigo vislumbrar o desemprego, a exploração desenfreada dos trabalhadores, a miséria e finalmente o caos e o regresso às ditaduras duras do início do século XX para os futuros cidadãos europeus, excluindo, obviamente, os poucos privilegiados da globalização selvagem e do neoliberalismo.

free counter
publicado por Zé da Burra o Alentejano às 06:31
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 9 de Agosto de 2016

Portugal está em guerra contra os incendiários florestais.

 

 

http://mediaserver4.rr.pt/newrr/portugal_incendios73023417.jpg

Esta é a imagem da península Ibérica, onde se podem observar as nuvens de fumo relativas aos incêndios no dia 9 de agosto de 2016, feita pela NASA Worldview.

Mais uma vez, à semelhança dos anos anteriores, este país está a ser fustigado por fogos florestais (mais de 100 só no passado dia 8) cuja origem as autoridades nunca conseguiram justificar plenamente.

Grande parte dos incêndios começam entre as 8 horas da noite e as 8 da manhã, quando o calor é já menos intenso. Daí a suspeitar-se que muitos deles têm também uma origem humana e são provocados intensionalmente, pois há quem beneficia diretamente com eles, embora nada se tenha provado ainda.

Há países (ex. França) que consideram que a Europa está em guerra contra o terrorismo, pois Portugal poderá considerar-se também em guerra contra os incendiários das suas florestas.

Algumas organizações ambientalistas preocupam-se com os fumos lançados para a atmosfera pelos escapes dos automóveis e pelos seus efeitos em termos de poluição e de aquecimento global, mas, infelizmente, pouco ou nada se pronunciam sobre os incêndios provocados intencionalmente pela mão humana e por isso deixo-vos uma só pergunta: a quantos escapes de automóveis corresponderão estes incêndios só em Portugal?

Poderão os incêndios florestais ter mais impacto do que se pensava? 

 

 

free counter
publicado por Zé da Burra o Alentejano às 19:00
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
13
15

17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. Mais um grande incêndio, ...

. DRONES E A LEGISLAÇÃO PAR...

. Polícia de Alfragide acus...

. Incêndio em Figueiró dos ...

. Chegou o calor, chegaram ...

. Acabou o "Zé da Burra o A...

. A RTP já tem mais dois ca...

. A ASCENSÃO DAS MÁQUINAS

. Reunião na ilha de Ventot...

. Portugal está em guerra c...

.arquivos

. Julho 2017

. Junho 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Fevereiro 2016

. Dezembro 2015

. Setembro 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds