Sexta-feira, 13 de Janeiro de 2012

comentário sobre notícia de hoje "Cauções da luz, água e gás podem ser pedidas até 2013"

Como muita gente não o sabe nem é capaz de o fazer (pedir a devolução do caução pago) alguém vai ganhar muito dinheiro com a não devolução dessas cauções.

Como é costume: só quem sabe é que consegue aquilo a que todos têm direito. 

Se o Estado português tivesse interessado em que o caução fosse realmente devolvido aos cliente, então a lei teria sido no sentido da devolução automática do caução no pagamento da conta desses serviços, no caso do contrato continuar em nome de quem pagou o caução. Assim, o tal requerimento só teria lugar para as exceções, que devem ser até muito poucas.

free counter
publicado por Zé da Burra o Alentejano às 09:59
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 12 de Janeiro de 2012

Aumentou o número de pedidos de aposentação e o seu valor médio também

O título do "post" parece não fazer sentido, dado o aumento de idade para a aposentação na Função Pública, o aumento dos anos de descontos necessários e das penalizações em caso de antecipação. Acresce a tudo isto o facto de nos últimos anos não terem havido aumentos de salários no setor, os quais baixaram até nalguns casos. Por isso, talvez algo não tenha corrido como esperavam os "especialistas" e a explicação é bem simples: basta saber quem está a "fugir" da FP com penalizações que chegam a atingir os 40% sobre aquilo a que já teriam direito. Não são os trabalhadores com salários abaixo dos 1500 ou 2000 euros. Quem está a sair são os quadros mais qualificados e mais bem pagos, que até encontram colocação alternativa facilmente no mercado de trabalho privado, melhor remunerados, com 13.º e 14.º mês. Quanto aos restantes trabalhadores, cujo salário já mal dá para sobreviver, não poderão pensar em antecipar a sua aposentação a menos que tenham outros rendimentos. Se nada mudar entretanto, esses terão que "morrer a trabalhar" ou conseguir atingir 65, 67, 70 ou mais anos de idade com piores cuidados de saúde, apesar de terem descontado durante muitas décadas e de (alguns) estarem já debilitados. É que a reforma por invalidez é muito difícil de conseguir. Apesar disso, há casos de quem tenha recusado a sugestão da Junta médica da ADSE, de pedir a aposentação porque ficaria com um rendimento abaixo das despesas fixas que tem e porque também já não tem idade nem saúde para executar um qualquer trabalho mesmo que a tempo parcial (e seria preciso encontrá-lo também). Assim, esses doentes vão ficando enquanto puderem. Ah! a notícia dizia ainda que a média de pedidos de aposentação em 2011 atinge cerca de 1300 euros mensais, já com as penalizações, por isso são de FPs com altas remunerações no ativo.

free counter
publicado por Zé da Burra o Alentejano às 10:03
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 6 de Janeiro de 2012

Portugal recebeu 5,5 milhões por dia em fundos comunitários em 2011

O título do "post" é notícia de hoje e por isso vamos aprender a fazer constas de aritmética: é só multiplicar e dividir; é claro que mete algumas vírgulas pelo meio e até a conversão de milhões em milhares, mas é muito simples até para quem tenha feito o 9º ano com dificuldade:

 

Valor total de fundos recebidos em 2011:  5,5 milhões de euros por dia;

Número de dias do ano comum: 365 dias;

Número de habitantes de portugal: cerca de 10 milhões.

 

5,5 milhões de euros a multiplicar por 365 dias dá cerca de 2.000  milhões de euros por ano, que a dividir por cerca de 10 milhões de habitantes dá 200 euros a cada um. É obra, se considerarmos outras verbas recebidas a título empréstimo este ano e nos anteriores, vindas da UE e do FMI. Onde meteram tanto dinheiro? Bom, atualmente é para pagar os juros dos empréstimos anteriores, que terão sido desviados para encher alguma "mala" ou várias "malas"? Estamos tramados! 

free counter
publicado por Zé da Burra o Alentejano às 15:05
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 5 de Janeiro de 2012

Governo não recua na eliminação dos subsídios de Férias e de Natal aos funcionários públicos, mesmo que venha a ser declarado inconstitucional, porque invocará "ser de interesse nacional".

O facto do governo dizer que não pode cumprir com os compromissos para com o exterior se não eliminar os subsídios de natal e de férias aos funcionários públicos (reformados e alguns pensionistas) é uma mentira descarada, porque a importância que poupa pode ser compensada através de um aumento do IRS, que é uma medida muito mais justa porque abrange todos os assalariados (e já só estou a falar desses). A medida alternativa, foi defendida em tempos pelo Presidente da República e em nada reduz a verba poupada com os atuais cortes nos subsídios, seria mais justa e permitiria reduzir o esforço dos funcionários públicos, porque abrangeria um universo muito maior. Assim, se o Governo invocar o corte dos subsídios de 2012 e de 2013 aos funcionários público (talvez para sempre) por "ser uma medida de interesse público", A MEDIDA CONTINUA INCONSTITUCIONAL POR NÃO SER VERDADEIRA. Tal ficou acima completamente comprovado em poucas linhas e sem necessidade de quaisquer contas à priori. 

free counter
publicado por Zé da Burra o Alentejano às 14:21
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
13
15

17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. Mais um grande incêndio, ...

. DRONES E A LEGISLAÇÃO PAR...

. Polícia de Alfragide acus...

. Incêndio em Figueiró dos ...

. Chegou o calor, chegaram ...

. Acabou o "Zé da Burra o A...

. A RTP já tem mais dois ca...

. A ASCENSÃO DAS MÁQUINAS

. Reunião na ilha de Ventot...

. Portugal está em guerra c...

.arquivos

. Julho 2017

. Junho 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Fevereiro 2016

. Dezembro 2015

. Setembro 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds