Domingo, 29 de Maio de 2016

Será que o Estado deve financiar as Escolas Privadas de modo a que todos os portugueses as possam frequentar?

Fenprof anuncia manifestação em defesa da escola pública (dia 18 de junho)

Até que enfim que os defensores da Escola Pública se vão pronunciar. Pelas notícias que recentemente têm sido divulgadas pode gerar-se a confusão e a suspeita de que o governo quer limitar o direito constitucional à educação de todas as crianças e jovens.

Professores, pais, funcionários e a sociedade em geral vai ter oportunidade de se manifestar no dia 18 de junho sobre a matéria.

O financiamento das escolas privadas a existir teria que abranger todos as crianças e jovens que o desejem e ser totalmente a custas do Estado para não haver qualquer discriminação, porque existem famílias que não podem pagar nem que seja apenas uma parte e isso não se afere pelo seu salário, porque existem outras despesas que não são iguais para todas as famílias.

Será que o Estado português deve gastar os seus parcos recursos económicos a financiar escolas privadas quando pode oferecer diretamente às crianças e jovens portugueses esse serviço?

Estamos num país em que muita gente está morrendo por falta de capacidade do Serviço Nacional de Saúde e até das altas "taxas" a pagar. Tal como a Educação, a Saúde é também um direito constitucional de todos os portugueses, que está em acelerada falência.  Comparando a Saúde com a Educação, também poderemos esperar que esse serviço passe a ser prestado a TODOS OS PORTUGUESES em clínicas e hospitais privados, tudo a pagar pelo Orçamento do Estado.

free counter
publicado por Zé da Burra o Alentejano às 13:59
link do post | comentar | favorito
|

Fraca natalidade nos países ocidentais e por isso a segurança social está em risco?

Já não é a primeira vez que me refiro a este assunto, mas agora a vaga de migrantes que chegam trazem novidades, o que prova ser FALSO e HIPÓCRITA este argumento, porque:

1.º)Esta sociedade é incapaz de inserir no mercado de trabalho os jovens que vão chegando à idade de trabalhar. Muitos acabam por emigrar depois de largos anos a preparar-se para desempenhar uma função útil e vão ser aproveitados noutros países;
2.º)Estão a chegar milhões de refugiados trazendo com eles centenas de milhares de jovens e crianças. Algumas chegam até sozinhas;
3.º)Muitos dos países que apontam a fraca natalidade para os problemas futuros da segurança social recusam receber os refugiados;
4.º) Desde sempre os países em que os cidadãos atingiram melhor nível de vida têm uma maior percentagem de imigrantes.
Este argumento é usado única e simplesmente para justificar a eliminação de direitos sociais, onde se inclui a proteção na doença.

free counter
publicado por Zé da Burra o Alentejano às 09:39
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 1 de Maio de 2016

Porque PCP e o BE deixaram passar o Plano de Estabilidade Económica"?

Os partidos NEOLIBERAIS de Direita (PSD e CDS) parece não querem entender porque o BE e o PCP deixaram passar o "plano de estabilidade financeira" que nos foi exigido pela UE, mas a explicação é tão simples: OS Partidos de Esquerda (BE e PCP) NÃO QUEREM SOBRETUDO QUE O GOVERNO ANTERIOR VOLTE AO PODER POR ISSO TUDO FAZEM E FARÃO PARA QUE ISSO NÃO ACONTEÇA. Se vier a acontecer a situação económica dos portugueses de classe baixa e média irá continuar a degradar-se, não porque a isso são obrigados por constrangimentos da UE, mas porque está no espírito e na ideologia daqueles dois partidos. Aqueles partidos preparavam-se e continuam a preparar-se para acabar com os serviços públicos essenciais prestados pelo Estado, para os quais todos pagamos direta e indiretamente. Quando voltarem, voltarão à carga e a saúde, a educação, o apoio no desemprego e a segurança social serão áreas a reduzir ao mínimo ou a abandonar pelo Estado, deixando espaço livre para os privados ganharem aí muito dinheiro à custa de quem puder - obviamente - pagar. As pensões e as reformas dos mais velhos e doentes continuarão a cair rapidamente. Há que não esquecer que o último governo preparava-se oficialmente para apenas conceder a reforma por invalidez a pessoas cuja esperança de vida não fosse superior a três anos.

free counter
publicado por Zé da Burra o Alentejano às 12:04
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
13
15

17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. Mais um grande incêndio, ...

. DRONES E A LEGISLAÇÃO PAR...

. Polícia de Alfragide acus...

. Incêndio em Figueiró dos ...

. Chegou o calor, chegaram ...

. Acabou o "Zé da Burra o A...

. A RTP já tem mais dois ca...

. A ASCENSÃO DAS MÁQUINAS

. Reunião na ilha de Ventot...

. Portugal está em guerra c...

.arquivos

. Julho 2017

. Junho 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Fevereiro 2016

. Dezembro 2015

. Setembro 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds