Sábado, 8 de Setembro de 2012

A discriminação mantêm-se informou Pedro Passos Coelho

Não obstante a determinação do Tribunal Constitucional, a discriminação entre os rendimentos de salários do setor público e do privado vai manter-se.

 

- Os trabalhadores do setor privado continuam a manter os dois subsídios, só que um deles será comido pelo aumento dos descontos para a segurança social, ficarão portanto apenas com um subsídio.

 

- Os trabalhadores do setor público continuam a ficar sem os dois subsídios, pois é-lhes devolvido apenas um que será comido pelo aumento dos descontos.

 

Os descontos aumentam por igual para ambos os setores de 11 para 18% (aqui não há discriminação). Estou curioso por saber qual será agora a opinião do Tribunal Constitucional a esta trapalhada matemática do tipo chico esperto. Será que o Governo assume o confronto com o TC ou acha que a discriminação foi sanada? 


Os reformados continuam a ficar discriminados, o Governo continua a olhar apenas para os rendimentos do trabalho. Passos Coelho não referiu quaisquer cortes nos restantes rendimentos nem a criação de qualquer imposto especial sobre as grandes fortunas (como se vão fazer países cujos problemas económicos são muito menos graves que o nosso), nem sobre compras de luxo, como certos tipos de automóveis, barcos, aviões e mansões, luxo, etc. O aumento do IMI é generalizado e por isso não se enquadra neste capítulo.


Lição básica sobre economia (que talvez Passos Coelho tenha esquecido)

Quando o país tinha moeda própria e ela era desvalorizada, isso reduzia o valor real de todos os salários de trabalhadores públicos, dos privados, das reformas, o valor real das poupanças acumuladas, o lucro das transações, o valor do património, enfim, toda a população era afetada. O reequilíbrio fazia-se depois por efeito da inflação induzida pelas importações que ficavam mais caras, o que até favorecia a produção nacional durante algum tempo, mas os seus custos de produção, porque dependem em parte dos preços das matérias primas e da energia importados, acabavam por subir tal como os preços dos bens cá produzidos. Por arrastamento, salários (de todos) e as pensões acabavam também por acompanhar a subida. O preço de obras em curso tinham que ser renegociadas, mas em valor real até poderiam ficam por um preço inferior. Enfim, tudo era afetado, mais justo e equitativo do que esta trapalhada matemática engendrada pelo Governo de Pedro Passos Coelho.

Não quero deixar a impressão de que sou contra a manutenção de Portugal na zona euro, o que quero é repetir o que ficou determinado pelo TC: o dever da repartição dos sacrifícios, que deve ser equitativo e não cair apenas sobre determinado grupo ou grupos da população.



free counter
publicado por Zé da Burra o Alentejano às 20:05
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De jotaeme a 8 de Setembro de 2012 às 20:45
Boa noite: O que mais me indigna, além das medidas altamente penalizadoras para quem trabalha e para a digna classe dos Pensionistas e Reformados, é o tom arrogante,ressaviado e vingativo, como ontem ele p.c. anunciou as ditas e o ênfase que é dado, como se fosse apenas para fintar o parecer do Tribunal Constitucional!!! Brincamos? Eu vou esperar e ver que reaçcõa terá o nosso PR e mesmo as autoridades do TC. Não podem ficar calados, nem pactuar com este modo de fazer Política!


De Zé da Burra o Alentejano a 11 de Setembro de 2012 às 20:19
Já estou mesmo a prever: o PR vai demorar o máximo de tempo possível a ponderar o orçamento mas deverá aprová-lo com o pretexto de "não prejudicar o país, pois o seu envio ao TC poderia fazer com que o novo ano chegasse antes do orçamento" (?)


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
13
15

17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. Mais um grande incêndio, ...

. DRONES E A LEGISLAÇÃO PAR...

. Polícia de Alfragide acus...

. Incêndio em Figueiró dos ...

. Chegou o calor, chegaram ...

. Acabou o "Zé da Burra o A...

. A RTP já tem mais dois ca...

. A ASCENSÃO DAS MÁQUINAS

. Reunião na ilha de Ventot...

. Portugal está em guerra c...

.arquivos

. Julho 2017

. Junho 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Fevereiro 2016

. Dezembro 2015

. Setembro 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds