Segunda-feira, 14 de Janeiro de 2013

PS quer acabar com a ADSE

 

Pois é notícia de hoje no JN! o PS ainda não está no Governo mas declara querer acabar com a ADSE, mas, vergonhosamente, nada diz sobre outros sistemas de saúde, que outros assalariados têm e que são muito  mais generosos do que a famigerada ADSE.

 

Muitas Empresas (as boas) oferecem aos seus trabalhadores seguros de saúde bem mais generosos do que a ADSE; outras têm sistemas de saúde próprios também muito melhores que a ADSE; isto para não falar dos sistemas de saúde dos membros das forças militares e militarizadas que também são do Estado e são melhores que a ADSE. Mas o PS parece não saber nada disso e fala nas regalias desporporcionadas da ADSE, esquecendo tudo o resto: que os funcionários públicos descontam dos seus impostos para o SNS e que têm um desconto específico para a ADSE; que quando um beneficiário da ADSE é atendido pelo SNS, paga a taxa ao SNS e o resto da conta é apresentada pelo SNS à ADSE para pagamento. Como os beneficiários da ADSE contribuiem também com os seus impostos para o SNS, como qualquer cidadão contribuinte, não me parece legítimo esse pagamento. Com efeito, os beneficiários da ADSE acabam por pagar duplamente o serviço e ficar  descriminados negativamente relativamente aos outros cidadãos, incluindo os mais abastados que para além das taxas do SNS nada mais é reclamado.

 

A vantagem da ADSE é a possibilidade do beneficiário poder deslocar-se a qualquer médico privado e depois receber da ADSE uma parte da despesa feita, a qual tem vindo a ser reduzida (a defeciência do SNS aparece aqui como um previlégio dos funcionários públicos). Mas talvez muita gente nem saiba que em certas análises e exames clínicos o doente da ADSE acaba por pagar mais do que um outro do SNS que não tenha insenção. Também existem clínicas e médicos que têm contratos com a ADSE e nesses casos o doente da ADSE paga apenas a diferença, mais ou menos o mesmo que pagaria no SNS. Essa lista tem vindo a ser reduzida porque a ADSE lhes paga pouco e cada vez mais tarde. Muitas clínicas e médicos ainda mantêm acordos mas apenas para os funcionários das forças militares e militarizadas e abandonaram os acordos com a ADSE. 

 

Os funcionários públicos têm sido fortemente penalizados em termos de salários, nos subsídios, nas legítimas aspirações de ascenção nas carreiras, na aposentação, e, agora, pretendem eliminar de forma abrupta a ADSE. Porquê tanta raiva para com os servos do Estado que se comprometeram por escrito na sua tomada de posse em "cumprir com lealdade nas funções que lhes foram confiadas"? Infelizmente, parece que em Portugal apenas as PPPs, as múltiplas fundações (muitas delas nem se sabe bem para que servem; outras servem apenas a uma parte da população mais abastada que tem dinheiro para pagar os serviços que prestam), as grandes Empresas, os bancos têm direitos adquiridos e intocáveis


Já há vários anos que quem entra para a FP sabe as condições que vai encontrar e conhece os direitos que já não tem e pode até optar por trabalhar no setor privado ou mesmo emigrar. Mas os mais idosos fizeram a escolha há muitos anos em função das condições de então. Nessa altura não era difícil encontrar empregos no setor privado com salários até superiores. As regalias da função pública faziam a diferença e levaram muita gente a decidir por ficar na FP precisamente por isso. Agora poderei dizer que se enganaram ou que foram enganados por um Estado que julgavam cumpridor do acordo assumido quando assinaram os contratos de nomeação.

 

Os muitos dos buracos descobertos na ADSE são fruto de burlas que deveriam ser investigadas e punidas, mas não se conhecem condenados, tal como noutras áreas do crime.

 

PS e PSD são a mesma coisa. O que pensa o PS (e o PSD) fazer acerca das PPPs? os direitos adquiridos não permitem corrigir os erros? será que a Empresa que explora e dá a manutenção a uma SCUT deve continuar a receber o valor total das portagens mais 9 vezes esse valor do orçamento do estado para a sua manutenção e lucro garantido. É que a obra foi feita e paga pelos portugueses e nossos parceiros da UE, mas como o país não tinha o dinheiro suficiente e por isso se endividou e agora estamos a pagar. Muitos portugueses não podem circular nas SCUTS mas pagam na mesma por via fiscal. Porque foram feitos tais contratos? por incompetência grassa de avaliação de tráfego expectável ou por corrupção? Eu prefiro acreditar na primeira hipótese. 

 

free counter
sinto-me: m
tags: ,
publicado por Zé da Burra o Alentejano às 16:48
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Zé da Burra o Alentejano a 29 de Janeiro de 2013 às 20:36
Acho muito bom e concordo perfeitamente com o "post" cujo link indico a seguir:
http://expresso.sapo.pt/ps-e-adse-a-cobardia-como-politica=f779476

Copie para o seu navegador e leia.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
13
15

17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. Mais um grande incêndio, ...

. DRONES E A LEGISLAÇÃO PAR...

. Polícia de Alfragide acus...

. Incêndio em Figueiró dos ...

. Chegou o calor, chegaram ...

. Acabou o "Zé da Burra o A...

. A RTP já tem mais dois ca...

. A ASCENSÃO DAS MÁQUINAS

. Reunião na ilha de Ventot...

. Portugal está em guerra c...

.arquivos

. Julho 2017

. Junho 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Fevereiro 2016

. Dezembro 2015

. Setembro 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds