Terça-feira, 7 de Maio de 2013

Ainda bem que saí a tempo da função pública

Ainda bem que me reformei há quase 3 anos, já saltei a "barreira" e agora, na condição de aposentado, já tenho mais gente que me defenda para além do PCP e do Bloco de Esquerda. Agora já posso contar também com o PS e com o CDS para me defenderem e para segurarem o mais possível o valor da pensão que recebo. Ainda assim ela já me foi reduzida: fazem-me pagar para a ADSE; aumentaram-me o IRS e também me cortaram nos subsídios.


 Mas os que ficaram e que não aproveitaram para sair da função pública a tempo, embora já estivessem em condições de o fazer, estão a ficar pior de ano para ano, "they are all fucked" (tradução: eles estão todos lixados), porque já pagaram bastante, continuarão a pagar e qualquer dia até acabam com as aposentações antecipadas e aí vão ter que ficar no seu posto de trabalho até aos 66, 67, quiçá até aos 70 anos, se lá conseguirem chegar (o apoio na saúde está em decadência), apesar de "haver funcionários públicos a mais", conforme nos dizem alguns políticos há bastante tempo.


E a aposentação por doença, só se consegue em caso de diagnóstico de morte a curto prazo ou de acamados e, mesmo assim, muitos deles terão que ir a Juntas Médicas em local que lhes será indicado. Alguns (os que não tiverem apoio familiar) irão morrer em casa, abandonados, sem conseguirem receber a pensão a que têm direito e para a qual descontaram, porque já não podem tratar da sua aposentação e o Estado não os vai procurar. Se for proprietário da casa que habita, poderá ser que passados 13 ou mais anos as Finanças mandem um funcionário a sua casa, a fim de saberem porque não pagou o IMI - tal como aconteceu recentemente - e deparem com os restos mortais da pessoa que morreu sòzinha há mais de uma década. 

free counter
publicado por Zé da Burra o Alentejano às 10:12
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Quinta-feira, 12 de Janeiro de 2012

Aumentou o número de pedidos de aposentação e o seu valor médio também

O título do "post" parece não fazer sentido, dado o aumento de idade para a aposentação na Função Pública, o aumento dos anos de descontos necessários e das penalizações em caso de antecipação. Acresce a tudo isto o facto de nos últimos anos não terem havido aumentos de salários no setor, os quais baixaram até nalguns casos. Por isso, talvez algo não tenha corrido como esperavam os "especialistas" e a explicação é bem simples: basta saber quem está a "fugir" da FP com penalizações que chegam a atingir os 40% sobre aquilo a que já teriam direito. Não são os trabalhadores com salários abaixo dos 1500 ou 2000 euros. Quem está a sair são os quadros mais qualificados e mais bem pagos, que até encontram colocação alternativa facilmente no mercado de trabalho privado, melhor remunerados, com 13.º e 14.º mês. Quanto aos restantes trabalhadores, cujo salário já mal dá para sobreviver, não poderão pensar em antecipar a sua aposentação a menos que tenham outros rendimentos. Se nada mudar entretanto, esses terão que "morrer a trabalhar" ou conseguir atingir 65, 67, 70 ou mais anos de idade com piores cuidados de saúde, apesar de terem descontado durante muitas décadas e de (alguns) estarem já debilitados. É que a reforma por invalidez é muito difícil de conseguir. Apesar disso, há casos de quem tenha recusado a sugestão da Junta médica da ADSE, de pedir a aposentação porque ficaria com um rendimento abaixo das despesas fixas que tem e porque também já não tem idade nem saúde para executar um qualquer trabalho mesmo que a tempo parcial (e seria preciso encontrá-lo também). Assim, esses doentes vão ficando enquanto puderem. Ah! a notícia dizia ainda que a média de pedidos de aposentação em 2011 atinge cerca de 1300 euros mensais, já com as penalizações, por isso são de FPs com altas remunerações no ativo.

free counter
publicado por Zé da Burra o Alentejano às 10:03
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
20
21
22
23

24
25
26
27
28


.posts recentes

. Ainda bem que saí a tempo...

. Aumentou o número de pedi...

.arquivos

. Fevereiro 2019

. Novembro 2018

. Dezembro 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Fevereiro 2016

. Dezembro 2015

. Setembro 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds